Élisabeth Roudinesco: “Freud nos tornou heróis das nossas vidas”